Governo unifica calendário de pagamentos do auxílio emergencial. Veja o que mudou

0
4834

Os calendários do auxílio emergencial mudaram. Um anúncio em 17 de julho redividiu os pagamentos em 4 ciclos com datas fixas: nelas, todo mundo recebe a sua parcela da vez seguindo o mesmo cronograma. Confira o que mudou e quando receber.

O Ministério da Cidadania divulgou, no dia 17 de julho, um novo calendário de pagamentos do auxílio emergencial. Ele agora unifica todos os pagamentos das parcelas restantes (ou todas, para aqueles que ainda não receberam nenhuma) em 4 ciclos – quatro calendários que englobam todos os antigos lotes. Abaixo, veja detalhes de como vai funcionar.
Os calendários valem somente para aqueles que fizeram o pedido no site ou aplicativo do auxílio até o dia 2 de julho, data limite para fazer a solicitação – ou seja, não valem para quem recebe o Bolsa Família ou estava no Cadastro Único.

O que mudou no calendário do auxílio emergencial?

O novo calendário divulgado em 17 de julho não é dividido em lotes – mas sim em 4 ciclos de pagamento. Em cada ciclo, há um único cronograma para os pagamentos para todos receberem a sua parcela da vez nas mesmas datas, seguindo mês de aniversário. A referência é a data em que você recebeu a primeira parcela. No Ciclo 1, por exemplo, quem recebeu a 1a parcela em aAbril já vai receber a 4a parcela, enquanto quem fez a solicitação e foi aprovado em julho recebe a 1a parcela.
É importante dizer: esse novo calendário substitui o calendário de saques anteriormente divulgado pelo Ministério.
Parece confuso – mas trata-se de uma unificação de datas. Por isso, veja abaixo em detalhes quem recebe em cada um dos ciclos de pagamento e as datas de cada um deles.

veja os calendários.

Alfa

DEIXE SUA OPINIÃO

Please enter your comment!
Please enter your name here