Menina de 13 anos é abusada, engravida e morre devido a complicações no parto

0
71

Uma adolescente de 13 anos morreu na última segunda-feira (26/10) durante complicações na gestação de 31 semanas em Medicilândia/PA. Segundo a Polícia Civil, a menor foi estuprada durante quatro anos por um homem de 41, identificado como Francinaldo Moraes. As informações são do jornal O Liberal.

A vítima deu entrada no hospital no sábado (24/10) com sintomas da Covid-19, como febre e dor de cabeça intensa. Ela estava acompanhada de um homem e de uma mulher que se dizia sua avó.

A adolescente foi internada, entubada e precisou ser transferida para o Hospital Regional Público da Transamazônica, em Altamira. Durante o trajeto, o quadro de saúde agravou e a ambulância foi desviada para o Hospital Municipal de Medicilândia. Ela não resistiu e morreu às 16h.

O Conselho Tutelar de Medicilândia foi acionado e conseguiu entrar em contato com os pais biológicos da criança.

Estupro de vulnerável

A menor se declarava “casada” com Francinaldo. Postagens nas redes sociais mostram a vítima e o homem abraçados e se beijando. Segundo o jornal O Liberal, homem mantinha relações com a adolescente desde 2019, quando ela tinha apenas 12 anos. Há relatos, porém, de que os dois se relacionavam desde que ela tinha nove anos.

Menina de 13 anos é estuprada, engravida e morre devido a complicações no parto

A família da jovem teria consentido com o relacionamento, mas só quando ela completou 13 anos. Acontece que, mesmo com o consentimento, ter conjunção carnal ou praticar ato libidinoso com menor de 14 anos é caracterizado como crime de estupro de vulnerável, conforme o Código Penal, artigo 217-A. A pena de reclusão é de oito a 15 anos. Trata-se de um crime hediondo e inafiançável.

O caso é investigado pela Polícia Civil do Estado do Pará.

Fonte: O liberal

Nova-Otica-2

DEIXE SUA OPINIÃO

Please enter your comment!
Please enter your name here