Governo do Piauí irá injetar R$ 2,5 milhões para conclusão do Residencial Antônia Flor em Piripiri

0
88
Prefeita Jôve Oliveira, vice-prefeito Hilton Osório e assessores receberam a diretora da FAMCC, que se fez acompanhar de associações piripirienses filiadas à entidade.

O Governo do Estado irá investir R$ 2 milhões 546 mil Reais para a conclusão do Residencial Antônia Flor, em Piripiri, que desde 2015 enfrenta problemas para a sua conclusão. O Antônia Flor é uma obra que tem à frente a Federação das Associações de Moradores e Conselhos Comunitários (FAMCC) e beneficiará, entre outras, pessoas portadoras de necessidades especiais, pessoas com dificuldade de locomoção, idosos e comunidade LGBT.

A Diretora Executiva da FAMCC, Neide Carvalho, visitou a prefeita de Piripiri, Jôve Oliveira Monteiro, nessa sexta-feira, 29, onde tratou da conclusão do Residencial.

A FAMCC, responsável pela construção das casas, segundo Neide Carvalho, já tem experiência na organização e implantação de residenciais, no Piauí. Ela citou o Novo Jenipapeiro, em Piripiri, com 150 casas, e o Conjunto Catumbi, em Floriano.

Na visita à prefeita de Piripiri, Jôve Oliveira, a diretora da FAMCC se fez acompanhar de associações piripirienses filiadas à entidade. “A primeira palavra que nos vem hoje é perseverança”, disse Neide Carvalho. Segundo ela, a conjuntura política causou todos os problemas no desenvolvimento do projeto do novo residencial. “O voto traz consequências. Nosso país passa por um momento político tão crítico quanto a pandemia”, disse ela. Para Neide Carvalho, a eleição de Bolsonaro trouxe como consequência a extinção do Ministério das Cidades, o fim do Programa Minha Casa Minha Vida, Faixa 1, feito para famílias de até um salário mínimo. “Ficamos por momentos terríveis, sem ter recurso algum para a obra. ”, esclareceu.

Neide Carvalho disse que durante os dois anos de paralisação da obra, a FAMCC sofreu vários ataques, principalmente durante o período eleitoral. “Fomos acusados de desvio de dinheiro, de não dar conta do projeto, de ameaçar trabalhadores, por causa do período político. Mas isso vai nos servir como lição. Estamos aqui hoje porque a gente aposta, já conhece a gestão que está aqui na Prefeitura de Piripiri. Uma gestão sensível, quer o melhor para Piripiri. Quando você quer o melhor para Piripiri, tem que abraçar quem quer o melhor para cidade, quem vai melhorar a vida dos moradores”, disse a diretora. “É um grande momento, nós vamos conseguir desfazer gargalos que nós nunca conseguimos na outra gestão”, afirmou.

Neide Carvalho adiantou que o governo do estado do Piauí irá investir R$ mais de R$ 2,5 milhões em convênio para suprir a falta de verba federal para finalização. “Quero lembrar agora da pessoa do governador Wellington Dias, que possibilitou uma parceria entre o Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento Habitacional (ADH), FAMCC e Caixa Econômica Federal onde o estado vai injetar R$ 2 milhões e 546 mil, para fazer o reajuste do valor da obra, possibilitando a sua conclusão. O momento é de gratidão, de muita responsabilidade e de esperança. Esperança de ter apoio dessa gestão, por meio da prefeita Jôve Oliveira, para que a gente possa concluir e as famílias possam receber suas chaves, deixar o aluguel, deixar de ser alagado, despejado e um empreendimento que irá atender toda diversidade de Piripiri”, ponderou. Para Neide Carvalho, “A justiça de Deus tarda mais não falha e não há argumento contra a verdade”, finalizou.

Fonte: Portal Sem Fronteiras

Nova-Otica-2

DEIXE SUA OPINIÃO

Please enter your comment!
Please enter your name here