Promotor de Justiça Nivaldo Ribeiro emitiu nota recomendando “lockdown parcial” em virtude da superlotação da ala Covid do HRCR em Piripiri

0
87

O promotor de Justiça da 3ª Promotoria Dr Piripiri,  Nivaldo Ribeiro, se posicionou em relação ao momento crítico com a elevação dos números da Covid-19 e emitiu uma notificação recomendatória ao poder executivo de Piripiri solicitando adoção de providências urgentes e imediatas no sentido de adotar medidas restritivas voltadas para o enfrentamento da COVID-19 no Município de Piripiri, um dos motivos esta justamente em razão da superlotação da ala COVID-19 do Hospital Regional Chagas Rodrigues.

Na notificação, o promotor enfatiza que  com os dados fornecidos pela direção do hospital regional, tanto da Clínica Covid como da UTI Covid, levando ainda em consideração a quantidade de óbitos nas últimas 24 horas. Atualmente são 6 pacientes internados na Ala Covid, de acordo com os dados divulgados pela SESAM no último boletim de sexta-feira 19/02.

O promotor defende:

a) PRORROGAR, por meio de ato normativo, até que o município apresente condições epidemiológicas favoráveis, as medidas previstas no DECRETO ESTADUAL Nº 19.445, DE 26 DE JANEIRO DE 2021. (ATUALIZANDO: O ESTADO PRORROGOU NESTA SEXTA-FEIRA (19)

b) ADOTAR, por meio de atos normativos, até que o município apresente condições epidemiológicas favoráveis, “lockdown parcial” aos finais de semana e feriados, com o funcionamento apenas de atividades essenciais e as não essenciais somente por meio de entrega a domicílio (delivery).

O município de Piripiri vive o momento mais crítico desde o início da pandemia. Somente no mês de Fevereiro 10 pessoas perderam a vida devido a Covid-19 e 64 óbitos já foram registrados no município por conta da Covid-19. Todo cuidado é pouco no enfrentamento a este vírus tão letal.

Nova-Otica-2

DEIXE SUA OPINIÃO

Please enter your comment!
Please enter your name here