FFP e clubes batem o martelo e definem início do Campeonato Piauiense de 2023 para o dia 11 de janeiro

Esportes

Os representantes dos oito clubes que vão disputar o Campeonato Piauiense de 2023 se reuniram, nesta terça-feira, na sede da Federação de Futebol do Piauí, para um primeiro encontro entre os membros em busca de debater detalhes sobre a disputa da próxima temporada – antes do 1º arbitral para o estadual. Na reunião, ficou decidido que a data de estreia para a competição estadual será no 11 de janeiro de 2023 e que a fórmula de disputa do torneio continua a mesma.

Reunião FFP — Foto: Arnaldo Alves

Reunião FFP — Foto: Arnaldo Alves

– A gente começou em 2022 nos dias 15 e 16 e tivemos problemas com os jogos. Foi muito apertado. Tem Copa do Brasil em fevereiro, tem Copa do Nordeste. Então, a gente tem que se adequar. A maioria dos campeonatos deve começar na primeira semana de janeiro. Nós vamos começar dia 11 porque a gente tem a pré-Copa do Nordeste, nos dias 5 e 8. Esse ponto, acho que todos estavam certos que ia ser essa data (para início do campeonato) – afirmou Robert Brown, presidente da Federação de Futebol do Piauí.

Brown comentou sobre a importância do encontro prévio ao arbitral para que os clubes pudessem garantir seus planejamentos baseados na data de início do campeonato e também sobre como será disputada a competição.

Robert Brown, presidente da Federação de Futebol do Piauí — Foto: Arnaldo Alves

Robert Brown, presidente da Federação de Futebol do Piauí — Foto: Arnaldo Alves

– Esta reunião que nós marcamos aqui para que os clubes tenham ciência de que o campeonato começa dia 11 de janeiro. Para eles saberem, começarem a montar seus times, os seus atletas. Saberem quando vai começar. E aí, quando a gente vier para o arbitral, a gente vai com tudo acertado. A fórmula de disputa não vai sofrer mudança, pois é a mesma deste ano. No arbitral, vamos debater sobre ter questão de patrocínio, se vai contar com transmissão. Essas coisas. O restante está prego batido e ponta virada – comentou o dirigente.

O River-PI, que passa por situação conturbada por conta da indefinição por um nome para presidência do clube, teve como representantes na reunião com os demais clubes participantes do estadual Aroldo Francisco, conselheiro do River-PI, e Augusto Chabloz, advogado do Galo. Evaldo Carvalho, supervisor de futebol do clube também participou do encontro.

Detalhes sobre a tabela de jogos da competição ainda serão divulgados pela FFP, que começa a tratar com os clubes as necessidades das logísticas de cada um dos participantes do torneio. Ajustes quanto aos patrocinadores do torneio e detentora dos direitos de transmissão da competição serão concretizados no arbitral agendado para o da 7 de novembro.

Como funciona o atual modelo de disputa do Piauiense?

  • 8 clubes jogam entre si em turno e returno no modelo de pontos corridos;
  • Os 4 melhores colocados da fase classificatória vão para as semifinais;
  • As semis serão disputadas em partidas de ida e volta. A equipe de melhor campanha possui a vantagem do empate no placar agregado e decidirá em casa;
  • A decisão será no mesmo modelo das semifinais. O clube de melhor campanha decide em casa e possui a vantagem do empate no placar agregado.

Ao todo, oito equipes vão participar da elite do Campeonato Piauiense: Fluminense-PI – atual campeão do torneio -, River-PI, Altos, Parnahyba, 4 de Julho, Corisabbá, além de Comercial-PI e Ferroviário-PI, que subiram recentemente da 2ª para a 1ª Divisão do estadual.

Quem vencer a competição garante a taça e vaga na Copa do Brasil, Copa do Nordeste e na Série D do Campeonato Brasileiro. O vice-campeão tem vaga na Copa do Brasil e na Série D do Brasileiro.

Fonte: ge/pi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.