Wellington Dias é anunciado por Lula como ministro do Desenvolvimento Social do governo Lula; veja perfil. Cargo era pleiteado por Simone Tebet

Politica

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anunciou na quinta-feira (22) o nome do senador eleito Wellington Dias (PT-PI) para o Ministério do Desenvolvimento Social, uma das pastas mais disputadas do novo governo e que será responsável, entre outros programas sociais, pelo Bolsa Família (atual Auxílio Brasil).

Terceira colocada na disputa presidencial deste ano, a senadora Simone Tebet (MDB-MS) chegou a demonstrar interesse em ocupar o cargo e era uma das principais cotadas para a cadeira. Tebet foi um dos apoios mais expressivos e importantes para Lula no segundo turno das eleições.

O Ministério do Desenvolvimento Social, no entanto, é prioritário para o Partido dos Trabalhadores (PT), que buscava ter um de seus filiados à frente da pasta. Nos últimos dias, a presidente do partido, Gleisi Hoffman (PT-PR), conversou com Tebet.

Segundo blog da Ana Flor, no encontro entre Tebet e Hoffmann, o governo eleito ofereceu à senadora o Ministério do Meio Ambiente, mas ela recusou o convite “para não trair uma mulher”, referindo-se à ex-ministra da pasta e deputada federal eleita por São Paulo Marina Silva (Rede).

Perfil

Aos 60 anos, Wellington Dias é natural de Oeiras, no Piauí. Trabalhou como bancário no Banco do Nordeste, no Banco do Estado do Piauí e na Caixa Econômica Federal, além de ter atuado como radialista.

Filiou-se ao PT em 1985 e foi presidente do Sindicato dos Bancários do Estado do Piauí de 1989 a 1992. Governou o estado por quatro mandatos: foi eleito em 2003, 2010, 2014 e 2018. Além disso, presidiu o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste) e coordenou o Fórum Nacional de Governadores.

Sua formação, pela Universidade Federal do Piauí, é em letras portuguesas. Além disso, tem especialização em políticas públicas e governo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Dias é casado com a deputada federal Rejane Dias (PT-PI), com quem tem quatro filhos.

O futuro ministro do Desenvolvimento Social tem obras publicadas e ocupa a Cadeira 12 da Academia Piauiense de Letras (APL).

Nas últimas semanas, Wellington Dias coordenou na equipe de transição do governo eleito os trabalhos relacionados com o orçamento e com a PEC da transição.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *